Empresa

A Micro I/O

A Micro I/O é uma empresa de inovação na área da eletrónica, especializada na criação de soluções integradas de software e hardware, desenvolvidas à medida. Os produtos e serviços desenvolvidos têm a particularidade de serem versáteis, adaptando-se ao cliente e utilizando as mais recentes tecnologias.


A Micro I/O nasceu no seio da Universidade de Aveiro, em 1998, na Incubadora de Empresas IEUA com a qual tem mantido, até hoje, estreitas ligações, promovendo acima de tudo, inovação, criatividade e conhecimento. Esta ligação reflete-se no recrutamento de profissionais de várias áreas, na inclusão de Estágios, Mestrados e mesmo de Doutoramentos em empresa.


A Micro I/O valoriza essencialmente a comunicação com os seus clientes, potenciando as sinergias e criando produtos e serviços inovadores, nos quais integra com frequência o resultado das atividades de I&D. Esta postura tem resultado no registo de patentes nacionais e internacionais em várias áreas como pagamentos, comunicações e sistemas. Por consequência, a Micro I/O é uma empresa certificada a nível internacional em ITMARK na sistematização do desenvolvimento de produtos e na melhoria dos processos críticos da organização, integrando assim, o leque restrito das três primeiras empresas portuguesas certificadas em ITMARK. É de salientar a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade com a norma ISO 9001:2008 e na NP ISO/IEC 27001:2013 – Segurança da informação no desenvolvimento, operação e gestão da solução UnicardVending, de acordo com a Declaração de Aplicabilidade.


Com um crescimento anual que, nos últimos anos, se tem situado muito acima da média nacional, a Micro I/O tem vindo a contrariar as tendências da economia nacional, graças a uma gestão sólida, a uma forte aposta em soluções tecnologicamente comprovadas e a um leque diversificado de produtos e soluções, que dão uma resposta eficaz às principais preocupações do seu vasto mercado: as questões de segurança e o aumento de eficiência nas organizações.

  • A Micro I/O tem como principal missão criar soluções para recolher, organizar e disponibilizar informação de valor.
  • Ser uma empresa de referência no desenvolvimento de soluções integradas de software e hardware.

  • Transformar novas oportunidades em projetos concretos e viáveis, com empenho na área de I&D e forte aposta na formação dos seus recursos humanos.

  • Ser o líder nacional no desenvolvimento de sistemas eletrónicos especializados.

  • Partilha ativa do conhecimento potenciando parcerias para antecipar e satisfazer as necessidades do Cliente.

  • Compromisso inequívoco com a satisfação das expectativas do Cliente.

  • Valorizar o desenvolvimento pessoal e profissional dos seus colaboradores, promovendo a sua motivação, formação e aprendizagem.

  • Não ter medo de pensar diferente. Fazer hoje o que os outros só conseguirão fazer amanhã.
A Micro I/O tem como objetivo principal superar as expectativas dos seus clientes, privilegiando a comunicação com os mesmos, tratando toda a informação de forma sigilosa e cuidada de modo a proteger e salvaguardar a propriedade do cliente, potenciando as sinergias e criando produtos inovadores. Outros objetivos passam por:

  • Satisfazer plenamente as necessidades e expectativas dos clientes através de produtos e serviços inovadores oriundos de atividades de investigação e desenvolvimento.

  • Melhorar a criação de valor através do desenvolvimento de uma boa comunicação externa.

  • Acompanhar as interfaces obtendo feedback sobre novas oportunidades de negócio, a nível de produtos e processos, em parceria com clientes, fornecedores e outras entidades, e assegurar a circulação e a transferência de conhecimento entre toda a organização;

  • Incitar uma cultura de inovação e criatividade com a finalidade de desenvolver ideias que contribuam para a competitividade da empresa;

  • Controlar/restringir o acesso à informação sensível apenas a parceiros autorizados e com o consentimento da administração/cliente/parceiro;

  • Definir objetivos de segurança de informação e a acompanha-los anualmente garantindo confidencialidade, acessibilidade e integridade de forma a garantir que a informação do sistema se mantenha confidencial e acessível a quem de direito;


    A assembleia de sócios da Micro I/O garante o cumprimento dos requisitos das normas NP EN ISO 9001:2008, NP ISO/IEC 27001:2013,e boas práticas da NP 4457:2007, bem como da certificação em IT Mark, e compromete-se a promover a melhoria contínua de forma a dotar a empresa de um modelo de gestão responsável, competente, participativo e motivado, no quadro de uma política de permanente otimização.
A Micro I/O acredita na capacidade de desenvolver uma gestão que garanta a harmonia entre a eficácia económico-financeira, o respeito pelo indivíduo, a equidade e promoção do bem-estar social e o equilíbrio ecológico.
Desta forma, a política de responsabilidade social, baseada na visão, missão e valores da empresa, assenta em princípios que promovem a empresa, os seus colaboradores, a comunidade e o meio ambiente, que fomentam:

  • Preservação e respeito pelo meio ambiente.

  • Abertura para o diálogo e promoção da justiça.

  • Atuação ética assente no respeito pelo indivíduo e seus direitos.

  • Igualdade de direitos e oportunidades.

  • Oportunidade de trabalho e o desenvolvimento pessoal e profissional.

  • Adequada aplicação da lei e respeito pelos seus representantes.

  • Confiança e rigor nas relações empresariais.

  • Gestão eficaz do risco do negócio.

  • Existência de uma sociedade mais justa e solidária.
O código de ética da Micro I/O espelha os valores e os princípios essenciais que pautam a atuação da empresa, bem como as normas de conduta a que os seus colaboradores estão sujeitos e assumem como suas e a Micro I/O pretende que sejam reconhecidas e aceites por todos os seus parceiros (fornecedores, agentes e distribuidores).
Nas suas vertentes de atuação, a Micro I/O respeita e promove o cumprimento dos princípios legais e éticos, contribuindo para a transparência e integridade institucional e comercial, cumprindo com a lei e agindo com seriedade, honestidade, integridade e respeito pelos direitos e dignidade da pessoa humana.
Empenhada no cumprimento da lei em todas as situações, a Micro I/O pauta a sua conduta pela transparência e rigor, não tolerando práticas ilegais ou eticamente reprováveis (como o suborno, a extorsão, a corrupção, o favorecimento).
Todos os colaboradores, fornecedores e parceiros da Micro I/O devem comportar-se de acordo com os critérios legais, éticos e sempre de forma transparente, não sendo toleradas práticas ilegais ou eticamente duvidosas (como por exemplo, o pagamento de favores, qualquer forma de suborno ou favoritismo). Devem também colaborar no cumprimento das regras previstas neste Código de Ética através do reporte de casos de corrupção, suborno, fraude, desrespeito pelos direitos humanos ou laborais ou outras práticas ilegais ou anti-éticas.

Trabalho infantil
Ninguém poderá ser admitido ao trabalho sem ter cumprido a idade mínima de admissão definida por lei (16 anos), sendo apenas admitidas exceções legalmente previstas no Código de Trabalho, desde que o mesmo tenha terminado a escolaridade obrigatória e se trate apenas de trabalhos leves (que não envolvam riscos, perigos, horário noturno ou incompatibilidade com a saúde ou desenvolvimento pessoal). Sendo o trabalhador menor, os seus interesses são prioritários no que respeita à proteção da sua saúde, educação e formação.
Trabalho forçado
Os trabalhadores são sempre livres de deixar o local de trabalho nos termos previstos na lei, não havendo nenhuma forma de trabalho forçado, devem conhecer e entender os seus direitos e obrigações, nos termos legais e contratuais aplicáveis, e não são obrigados a depositar dinheiro a título de garantia ou a entregar os seus documentos de identidade à entidade patronal.
Saúde, segurança e bem-estar
É cumprida a legislação no âmbito de saúde e segurança. É proporcionado um ambiente de trabalho seguro e saudável a todos os colaboradores, salvaguardando as questões de saúde e segurança de terceiros que possam ser afetados pelas atividades desenvolvidas, nos termos da legislação nacional e das normas internacionais aplicáveis.
Todos os produtos e serviços devem cumprir as normas e princípios gerais aplicáveis à prevenção de risco para a saúde e segurança de todas as pessoas envolvidas, incluindo os necessários à prevenção de acidentes e doenças profissionais.
Os colaboradores são competentes para desenvolverem a sua atividade em condições de saúde e segurança, sendo tomadas medidas para garantir a informação e formação adequadas sobre as normas e procedimentos nos termos legais aplicáveis.
Existem mecanismos adequados para responder às situações de emergência e acidentes que possam vir a ocorrer.
Liberdade de associação
Os colaboradores são livres de se associarem a sindicatos/outras organizações que os representem para o exercício dos seus direitos, de acordo com a lei.
É incentivada uma comunicação aberta e transparente com os colaboradores de modo a manter um relacionamento saudável no ambiente profissional e capaz de resolver os problemas laborais.
Não discriminação
Não é aceite nenhuma forma de discriminação na contratação ou negociação das condições contratuais, nomeadamente remunerações, acesso à formação, progressão na carreira e decisões sobre a rescisão contratual/reforma.
Como exemplos de discriminação inadmissíveis temos: raça, sexo, gravidez, orientação sexual, classe social, religião, opiniões políticas, idade, nacionalidade, estado civil, incapacidade ou deficiência e todas as outras previstas na lei, ou em convenções internacionais).
Disciplina
Todos os colaboradores são tratados com respeito, dignidade e privacidade enquanto pessoas, respeitando a lei aplicável. São proibidos abusos físicos, verbais ou de qualquer outro tipo, nomeadamente perseguição, assédio, ameaça ou intimidação física/moral.
Horário de trabalho
O horário de trabalho respeita a lei e é compatível com a vida familiar e a maternidade/paternidade. As férias e os dias de descanso são os previstos na lei e, as horas extra são pagas de acordo com a legislação nacional.
Pagamento
São assegurados aos colaboradores as condições de trabalho e uma remuneração razoável e justa.
Ambiente
São cumpridas as leis e normas nacionais e internacionais de âmbito ambiental.
Adotamos medidas de melhoria de desempenho ambiental dos produtos e serviços usados e comercializados, bem como é incentivado e apoiada a descoberta e desenvolvimento de produtos e serviços que tragam melhores benefícios ambientais e sociais.

O nosso percurso

  • 2016
    PATENTE INTERNACIONAL aprovada nos EUA - “Técnica e dispositivo para a captura de um canal de comunicações partilhado entre bandas de contenção”

    PME Líder 2016
  • 2015
    PME Líder 2015
  • 2014
    PME Excelência 2014

    PME Líder 2014.
  • 2013
    Implementação da 1ª escola no Brasil com o sistema SIGE.

    PME Líder 2013
  • 2012
    Desenvolvimento de um sistema de gestão de chuveiros - cliente UBI;

    Implementação do sistema Unicard Business na Universidade de Lisboa;

    Certificação Internacional em ITMARK e do Sistema de Gestão Integrado,
    de acordo com a norma NP4457.
  • 2011
    Implementação do sistema Unicard Kids - Câmara Municipal Almada;

    Desenvolvimento de um sistema de gestão de lavandarias - cliente UBI;

    Início do processo de internacionalização (Brasil, Angola e Cabo Verde).
  • 2010
    Primeiro produto iniciativa M2M Optimus Connect - Unicard AnyWhere;

    Líder de mercado em escolas (ultrapassa 500.000 alunos).
  • 2009
    Submissão de Patente nos EUA (Comunicações Wireless Confiáveis).
  • 2008
    Implementação do sistema Unicard Kids na Câmara Municipal de Aveiro (36 Escolas – 7 Agrupamentos).
  • 2007
    Prémio Nacional Engenheiro Jaime Filipe na área de reabilitação, com o produto B-Live.
  • 2006
    SIGE selecionado pelo Totta para produto TottaEscolas.

    Início de I&D via NITEC.
  • 2004
    Implementação de controlo de acessos nas lojas Vodafone no Parque das Nações.
  • 2002
    Lançamento do SIGE na Escola de Aradas, em Aveiro.
  • 2000
    1º Sistema de Gestão Termal nas Termas de Monfortinho - Grupo BES.
  • 1998
    Micro I/O nasce na Incubadora de Empresas da Universidade de Aveiro.

A nossa equipa

Gestão / Direção

  • José A. Fonseca - Sócio
  • Fernando Almeida - Sócio-Gerente



CV Científico

Prémios

"Prémio Engº Jaime Filipe"
Prémio Engº Jaime Filipe, 2007 (melhor conceção inovadora e promotora de autonomia, no âmbito da engenharia de reabilitação), atribuído por Instituto da Segurança Social.

Capítulos de Livros

“Communications in Medical Applications”
P. Bartolomeu, J.A. Fonseca, N. Rocha, F. Basto, “Communications in Medical Applications”, to appear in Industrial Electronics Handbook, IEEE Industrial Electronics Society, 2010.

Doutoramentos

“Real-Time Wireless Communications for Building Automation”
P. Bartolomeu, “Real-Time Wireless Communications for Building Automation”, Doutoramento em Empresa, Universidade de Aveiro - Micro I/O, concluído em 2014

Dissertações de Mestrado

"Soluções para smart parking com base em tecnologias sem fios"
Pedro Filipe dos Santos Franco, "Soluções para smart parking com base em tecnologias sem fios", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2014.
"Avaliação de sensores para deteção de estacionamento de veículos"
Miguel Maria Rodrigues Madeira de Sousa Gomes, "Avaliação de sensores para deteção de estacionamento de veículos", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2013.
"B-Live home: aplicação móvel para sistema de domótica habitacional"
André Mendes Peixoto, "B-Live home: aplicação móvel para sistema de domótica habitacional", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2012.
"Concepção, integração e avaliação de sensores e actuadores numa WSAN"
Tiago João Gonçalves Lindeza, "Concepção, integração e avaliação de sensores e actuadores numa WSAN", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2012.
"Implementação de um sistema de gestão na Micro I/O"
Carla Sofia Rodrigues Ferreira, "Implementação de um sistema de gestão na Micro I/O", Mestrado em Gestão, Universidade de Aveiro, concluído em 2012.
"Sistema de monitorização e orientação sem fios para parqueamento"
Daniel Oliveira da Silva, "Sistema de monitorização e orientação sem fios para parqueamento", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2012.
"Sensores e atuadores sem fios para ambientes habitacionais"
Pedro Miguel Capinha Germano do Mar, "Sensores e atuadores sem fios para ambientes habitacionais", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2011.
"B-Live wireless: um protocolo de tempo-real para domótica habitacional"
Vasco José Dias Baptista, "B-Live wireless: um protocolo de tempo-real para domótica habitacional", Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2011.
“Tecnologias sem fios no apoio a pessoas com limitações funcionais”
Marco Daniel Almeida Oliveira “Tecnologias sem fios no apoio a pessoas com limitações funcionais”, Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2009.
“Gestão de Parques de Estacionamento com Base em Tecnologias sem Fios”
Rui Miguel de Bernardes Rebelo, “Gestão de Parques de Estacionamento com Base em Tecnologias sem Fios”, Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2008.
“Controlo de Assiduidade com Multiposto e Comunicações Wireless”
Pedro André Rodrigues Simão, “Controlo de Assiduidade com Multiposto e Comunicações Wireless”, Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2008.
“Adaptação de Cadeiras de Rodas Convencionais para Pacientes Tetraplégicos”
António José Couto Rebelo da Costa, “Adaptação de Cadeiras de Rodas Convencionais para Pacientes Tetraplégicos”, Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, em curso.
“Correcção de interferência electromagnética em sistemas de localização”
José Eduardo Gomes Oliveira, “Correcção de interferência electromagnética em sistemas de localização”, Mestrado Integrado em Engenharia Física, Universidade de Aveiro, concluído em 2008.
“Interface com Reconhecimento de Fala para Apoio a Pessoas com Limitações Funcionais”
Carlos Jorge Enes Capitão de Abreu “Interface com Reconhecimento de Fala para Apoio a Pessoas com Limitações Funcionais”, Dissertação de Mestrado (Pré-Bolonha) em Engenharia Biomédica, Universidade de Aveiro, concluído em 2008.
“Comunicações em Aplicações de Domótica para Apoio a Pessoas com Limitação Funcional”
Vasco Miguel Teotónio Brites de Pinho Santos, “Comunicações em Aplicações de Domótica para Apoio a Pessoas com Limitação Funcional”, Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Electrónica e Telecomunicações, Universidade de Aveiro, concluído em 2007.

Palestras a convite

“Tecnologias de apoio à 3ª idade e à mobilidade”
II Encontro de Pessoas com Deficiência das Comunidades Portuguesas, Lisboa, 30/06/2009.
“Domótica e Tecnologias para Apoio à Reabilitação”,
Congresso Nacional de Enfermagem de Reabilitação 2008, Coimbra, 09/12/2008.
“Projetos Inovadores”
II Encontro de Enfermagem de Reabilitação, Vila do Conde.
“Flexible Communications in Wired and Wireless Networks”
Vienna University of Technology, Viena, Austria, 27/06/2008.
“B-LIVE: Um sistema domótico para apoio a pessoas com limitações funcionais”
I Encontro de Pessoas com Deficiência das Comunidades Portuguesas, Lisboa, 08/05/2008.
“Experiências de participação da Universidade de Aveiro e Micro I/O na rede Telesal”
Workshop InovaRia, Ílhavo, 23/10/2007.
“Sistemas domóticos e sistemas de apoio para pessoas com incapacidade”
I Congresso: “Reabilitar para a Vida”, Escola de Saúde, Instituto Politécnico de Viseu, 12/10/2006.

Artigos em conferências internacionais

"Communication Protocol for Open Environment Housings"
V. Baptista, P. Bartolomeu, P. MAr, J. Fonseca, "Communication Protocol for Open Environment Housings", 16th IEEE INternational Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Toulouse, France.
"Wireless Parking Lot Monitoring and Guidance"
D. Silva, P. Bartolomeu, J. Fonseca, "Wireless Parking Lot Monitoring and Guidance", 16th IEEE INternational Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Toulouse, France.
“Speech as the Basic Interface for Assistive Technology ”
A. Teixeira , D. Braga, L. Coelho, J.A. Fonseca , J. Alvarelhão, I. Martín, N. Rocha, A. Calado, M. Dias, “Speech as the Basic Interface for Assistive Technology ”, to appear in International Conference on Software Development for Enhancing Accessibility and Fighting Info-exclusion (DSAI 2009), Lisboa, Portugal , 3-5 June 2009.
“A New Approach for Operating Powered Wheelchairs by People with Severe Impairments”
M. Urbano, J.A. Fonseca, U. Nunes, A. Lopes, “A New Approach for Operating Powered Wheelchairs by People with Severe Impairments”, to appear in International Conference on Software Development for Enhancing Accessibility and Fighting Info-exclusion (DSAI 2009), Lisboa, Portugal, , 3-5 June 2009.
“A MAC Protocol to Manage Communications in Localization Systems based in IEEE802.15.4”
J.A. Fonseca, P. Bartolomeu, “A MAC Protocol to Manage Communications in Localization Systems based in IEEE802.15.4”, IECON’2008, the 34th Annual Conference of the IEEE Industrial Electronics Society, Orlando, USA, November 10-13, 2008.
“On the Timeliness of Multi-Hop Non-Beaconed ZigBee Broadcast Communications”
P. Bartolomeu, J.A. Fonseca, F. Vasques, “On the Timeliness of Multi-Hop Non-Beaconed ZigBee Broadcast Communications”, ETFA’2008, 13th IEEE International Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Hamburg, Germany, September 15-18, 2008.
“Evaluating Severe Noise Interference in IEEE 802.15.4 based Location Systems”
J. Oliveira, P. Bartolomeu, J.A. Fonseca, L. Costa, “Evaluating Severe Noise Interference in IEEE 802.15.4 based Location Systems”, ETFA’2008, 13th IEEE International Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Hamburg, Germany, September 15-18, 2008.
“Adaptation of Powered Wheelchairs for Quadriplegic Patients with Reduced Strength”
M. Urbano, J.A. Fonseca, U. Nunes, L. Figueiredo, A. Lopes, “Adaptation of Powered Wheelchairs for Quadriplegic Patients with Reduced Strength”, WIP Session, ETFA’2008, 13th IEEE International Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Hamburg, Germany, September 15-18, 2008.
“A Tecnologia ao Serviço das Pessoas com Graves Limitações Físicas”
L. Figueiredo, A. Gomes, J.A. Fonseca, “A Tecnologia ao Serviço das Pessoas com Graves Limitações Físicas”, CISTI’2008, 3ª Conferência Ibérica de Sistemas y Tecnologías de Información, Vigo, Espanha, 19-21 de Junho, 2008.
“Time Attendance System with Multistation and Wireless Communications”
P. Simao,V. Santos, J.A. Fonseca, “Time Attendance System with Multistation and Wireless Communications”, 12th Annual IEEE International Symposium on Consumer Electronics – ISCE’2008, Algarve, Portugal, April, 14-16th 2008.
“Using CAN to retrofit houses for quadriplegic people”
J. A. Fonseca, P. Bartolomeu, V. Silva, V. Santos, C. Abreu, A. Mota, M. Cunha, A. Lopes, “Using CAN to retrofit houses for quadriplegic people”, 12th International CAN Conference (iCC'08), Barcelona, Spain , March 11-13, 2008.
"Challenges in Health Smart Homes"
P. Bartolomeu, J.A. Fonseca, F. Vasques, “Challenges in Health Smart Homes”, ATDMCP - Ambient Technologies for Diagnosing and Monitoring Chronic Patients Workshop, part of the 2nd International Conference on Pervasive Computing Technologies for Healthcare 2008, Tampere, Finland, 29 January 2008.
“Automating Home Appliances for Elderly and Impaired People: The B-Live Approach”
P. Bartolomeu, J. Fonseca, V. Santos, A. Mota, V. Silva, M. Cunha, “Automating Home Appliances for Elderly and Impaired People: The B-Live Approach”, Proceedings International Conference on Software Development for Enhancing Accessibility and Fighting Info-exclusion (DSAI 2007), Vila Real, Portugal, 8-9 November 2007.
“Speech Enabled Interface to Home Automation for Disabled or Elderly People”
C. Abreu , A. Teixeira , J. Fonseca, “Speech Enabled Interface to Home Automation for Disabled or Elderly People”, Proceedings International Conference on Software Development for Enhancing Accessibility and Fighting Info-exclusion (DSAI 2007), Vila Real, Portugal, 8-9 November 2007.
“Delay Measurement System for Real-Time Serial Data Streams”
P. Bartolomeu, V. Silva, J. Fonseca, “Delay Measurement System for Real-Time Serial Data Streams”, Proceedings 12th IEEE Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Patras – Greece, September 25-28, 2007.
“On the practical issues of implementing the VTPE-hBEB protocol in small processing power controllers”
J. Fonseca, P. Bartolomeu, V. Silva, F. Carreiro, “On the practical issues of implementing the VTPE-hBEB protocol in small processing power controllers”, Proceedings 12th IEEE Conference on Emerging Technologies and Factory Automation, Patras – Greece, September 25-28, 2007.
“B-Live – A Home Automation System for Disabled and Elderly People”
V. Santos, P. Bartolomeu, J. Fonseca, A. Mota, “B-Live – A Home Automation System for Disabled and Elderly People”, WIP, Proceedings IEEE Second International Symposium on Industrial Embedded Systems - SIES'2007, Lisbon, Portugal, 4-6 July 2007.

Principais entidades com as quais foram realizadas colaborações que resultaram em publicações:

  • CMRRC-RP – Centro de Medicina Física e de Reabilitação do Centro – Rovisco Pais, Tocha;
  • FEUP – Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (Departamento de Engenharia Mecânica);
  • IPB – Instituto Politécnico de Bragança;
  • Centro de Medicina Física e Reabilitação do Sul, S. Brás de Alportel;
  • UA – Universidade de Aveiro (Depto Electrónica, Telecomunicações e Informática, Departamento de Física, Escola Superior de Saúde, Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda);
  • CERCITOP, Mem Martins.

Outros apoios:

  • Fundação para a Ciência e Tecnologia – Bolsa de Doutoramento em Empresa;
  • Agência de Inovação, Rede Telesal – Bolsas no âmbito do Projecto LOPES – Localização de Pessoas.